quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Ação de graças de Final de Ano!!!

Para comemorarmos o Encerramento do Ano Letivo, organizamos um dia de Ação de Graças com diversas apresentações realizadas pelos próprios alunos da escola...


Apresentação Musical dos alunos que fazem parte do Projeto "Meu Primeiro Violino" 



Nossa Auxiliar de Direção, Marilúcia, agradecendo a Deus por mais este ano que encerramos juntos. 


 Nossa Aluna, Hillari Sandra da Silva,nos presenteou com uma maravilhosa apresentação de ginástica rítmica.


















Artigo publicado em: http://emjoaobernardino.blogspot.com.br/ - Acesso em 12/12/12.

sábado, 8 de dezembro de 2012

Natal dos Sonhos 2012

Final de ano, tempo de reflexão, de olhar para o que passou e meditar... Foi válido?

No Projeto Música na Escola: Meu Primeiro Violino, foi mais do que válido. Foi a realização de um sonho. Falando bem a verdade, não só um sonho. Mas de sete pessoas sonhando a mesma coisa: aprender a sensibilizar-se e sensibilizar pessoas. Cumprimos isso?

As fotos a seguir falam por si só!


Aos incentivadores, pais, e coordenadores do projeto... o nosso Muito Obrigado!!!

sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Feliz Dia das Crianças Pequenos Músicos

Todo dia é dia da Criança.. Mas oficialmente dia 12 de outubro é o seu dia. O nosso dia. Afinal devemos cultivar a eterna infância em nós mesmos!!!




Através do Programa Música na escola, o Grupo de Cordas JB mais uma vez se apresentou para os alunos das séries iniciais da Escola Municipal Professor João Bernardino da Silveira Júnior.


sexta-feira, 21 de setembro de 2012

Fotos da III Mostra no Teatro Juarez Machado

Fotografo: Mauro Artur Schlieck


 Apreciem, COMENTEM e DIVULGUEM o blog. Através de iniciativas assim que o projeto poderá ser ampliado no próximo ano!!!

 Obrigado a todos.

Prof. Pedro Romão

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Vídeos do Grupo de Cordas JB tocando na III Mostra de Música no Teatro Juarez Machado

Samba de uma nota só - Tom Jobim e Newton Mendonça


Aquarela - Toquinho

Agradecimentos ao pianista e arranjador Prof. Joubert Guimarães!!!

quarta-feira, 5 de setembro de 2012

terça-feira, 28 de agosto de 2012

Dia da Família na Escola

Dia da Família na escola sempre é um dia festivo. Um dia em que a comunidade, pais, alunos e docentes da instituiçao convivem com atividades diferenciadas. 
No dia 18/08/12 a Família João Bernardino proporcionou um sábado diferenciado para os familiares na escola. Obviamente que o grupo de cordas do JB também esteve presente.


Com as tradicionais dinâmicas do "Chocolate Quente" na música Brilha Brilha Estrelinha, demonstramos o quanto pode ser divertido e saboroso "provar" de boa música e experimentar novas melodias com o desenvolvimento de "projetos" musicais na educação.





Aos pais dos alunos e incentivadores de projetos como esse..
O nosso Muito Obrigado!


quinta-feira, 9 de agosto de 2012

I Recital de Violinos na Escola JB

Para finalizar o primeiro semestre das aulas de violino do Projeto "MEU PRIMEIRO VIOLINO, o professor Pedro e seus alunos realizaram sua primeira apresentação musical na escola... Na quinta-feira, 2 de agosto, os alunos realizaram um ensaio aberto pelos corredores e salas da escola. Eles nos encantaram com seu repertório. Os alunos puderam observar a execução e manuseio do violino, instrumento essencial em todas as orquestras sinfônicas. Confira umas das apresentações.












Ensaio Aberto nos Corredores da Escola


Conversa musical com turmas das Séries Iniciais!
E na sexta-feira, 3 de agosto, aconteceu a apresentação oficial na Biblioteca escola.





Fonte: Blog da Escola Municipal Prof. João Bernardino da Silveira Júnior - Disponível em: http://emjoaobernardino.blogspot.com.br/ - Acesso em 08/08/12.

segunda-feira, 16 de julho de 2012

Oficina de Música para professores da Rede Municipal

"Somos eternos aprendizes..."
A partir dessa frase entendemos que sempre estamos ensinando, mas que acima de tudo, dispostos a aprender!
Na sexta-feira passada (13/07) realizou-se na Universidade da Região de Joinville - UNIVILLE, a primeira formação continuada de  2012, aos professores de séries iniciais.
Através de dinâmicas e canções a oficina foi motivadora para os professores que participaram, como para os professores que realizaram.
Esperamos que outros encontros como esse, possam acontecer. Mais do que isso, oficinas demonstrando o nosso trabalho enquanto músicos, instrumentistas e professores de música possa ser levada ao nosso grande alvo = OS EDUCANDOS.


domingo, 8 de julho de 2012

I Recital dos alunos do JB

Para a galerinha que espera por novidade no blog, com muito orgulho anunciamos o I Recital dos alunos do JB! Em breve mais informações!!!!

segunda-feira, 30 de abril de 2012

Qual sua trilha musical?

A música que ouvimos hoje representa muito daquilo que estamos sentindo no momento, aquilo que vivemos, ou que nos "toca", com o perdão do trocadilho.

https://twitter.com/#!/momentmusica
Como professor e bom ouvinte democrático de diferentes estilos musicais, na hora de escolher um repertório para futuras apresentações, não posso me basear apenas nos meus gostos particulares musicais.
Sendo assim, abro esse tópico para que alunos do projeto (ou leitores interessados) expressem sua opinião. O que lhe "toca" atualmente? Ou qual música que aprecias? Pode ser Clássica, MPB, Pop, Rock, etc...

A partir de sua contribuição, analisarei e tentarei ser democrático na hora de escolhermos uma "playlist" para nossas futuras apresentações!


quinta-feira, 26 de abril de 2012

9ª Feira do Livro - Joinville

Com apenas dois meses de aulas, os alunos de violino aceitaram mais um desafio... Tocar na "9ª Edição da Feira do Livro" em Joinville - SC. O evento que aconteceu no dia 19/04/12, contou com a participação de outros alunos envolvidos no projeto Musica na Escola da Rede Municipal de Ensino.

Com um repertório pautado no método Suzuki, os alunos tocaram:

1) Brilha, brilha Estrelinha;


2) Lightly Row;

video

3) Song of the Wind;


video

Em breve mais materiais de apresentações e conteúdos específicos de música.

Aos púpilos... Parabéns e mãos a obra para novos desafios!!!



segunda-feira, 26 de março de 2012

Brilha Brilha Estrelinha - Twinkle Twinkle Little Star


Brilha brilha... "Iniciantes" estrelinhas!!!

Com apenas um mês de aulas, os alunos do projeto "Meu Primeiro Violino" iniciaram suas apresentações no JB.
Para a "Inauguração das Reformas" na Escola, os alunos apresentaram o Tema da Música Brilha Brilha Estrelinha.
Abaixo segue as fotos da apresentação que aconteceu no dia 23/03/12:

Em breve o vídeo com a apresentação completa.

sexta-feira, 16 de março de 2012

O Profissional e o Violinista

Por Abraham Shapiro* 

Assisti a uma entrevista do violinista israelense Itzchak Perlman. Uma das perguntas foi: “Qual o segredo para se tornar um bom instrumentista?” 

A resposta: 

 “O segredo para ser bom em qualquer instrumento é: praticar, praticar e praticar. Um bom iniciante levará cerca de 2500 horas, à razão de 7 horas ao dia, para dar os primeiros passos. Depois, outras 15.000 horas para se tornar impressionante. Isto, com certeza, é um grande começo! 

 No entanto, a grandeza só vem de treinar com incrível afinco. Com um detalhe: a prática por si só não é garantia de sucesso. Depois de dominar o instrumento, aí o instrumentista deve cuidar também de desenvolver sua intuição e sensibilidade – que são itens importantes para uma interpretação autêntica. Um robô pode tocar um concerto de Mozart, mas sem qualquer sentimento. Assim também será com um instrumentista que só possui técnica”. 

Posicionamento preciso de um dos maiores violinistas de todos os tempos. 

 Quero pontuar algo que já virou minha marca registrada. Uma pessoa que acaba de conseguir um diploma universitário é profissional? Bem, se o curso que frequentou for reconhecidamente bom em relação à qualidade de professores, laboratórios de práticas, etc, tão logo ela tenha sido diplomada com um bom desempenho será apenas e tão somente uma profissional iniciante. Faltará a prática. Refiro-me àquilo que significa: “emprego repetitivo prático de tudo o que se aprende na teoria”. 

O que irá desenvolver sua expertise é o dia a dia focado nos problemas típicos de sua área de atuação, nos relacionamentos, na troca de ideias, na cooperação mútua, e em outros detalhes reais. 

Isto será apenas um bom começo. Sucesso? Estará muito longe ainda. 

 Diplomas, MBA, pós-graduações não são garantia alguma de bom profissionalismo. Num mundo onde a indústria do curso superior tornou-se, em muitos casos, um negócio do tipo “pagou, passou”, é ainda mais complicado acreditar em certificados. 

O verdadeiro profissional está acima disso. Bem acima. Ele tem desempenho a prestar. E não se trata de nota escolar. Não. Trata-se de algo real, palpável. Fechando com a ideia inicial, é como um violinista: toca ou não toca a partitura. Resolve problemas ou fica só no bla bla bla. 

A lição está contida numa ilustração. Papel de embrulho transforma qualquer porcaria em presente bonito. Depois de aberto, contudo, o papel sempre acaba no lixo. (*) É consultor e coach de líderes. Fonte: Profissão Atitude. 

Disponível em: http://albirio.com/2011/02/ - Acesso em 05/03/12.

segunda-feira, 5 de março de 2012

125º aniversário de nascimento de Villa-Lobos!!!


Hoje comemoramos o 125º aniversário do nascimento de Heitor Villa-Lobos. A minha história com esse brilhante maestro remonta meu período de acadêmico. Meu projeto de ensino focou estudos de História e Música. Relacionei o período nacionalista de Getúlio Vargas, com as músicas e composições de Villa Lobos. A partir dai, minha paixão apenas aumentou por esse brasileiro que nos representou internacionalmente.
Um pouco mais sobre Villa-Lobos e sua Biografia:


Fonte: Reprodução

Heitor Villa-Lobos se tornou conhecido como um revolucionário que provocava um rompimento com a música acadêmica no Brasil. As viagens que fez pelo interior do país influenciaram suas composições. Entre elas, destacam-se: "Cair da Tarde", "Evocação", "Miudinho", "Remeiro do São Francisco", "Canção de Amor", "Melodia Sentimental", "Quadrilha", "Xangô", "Bachianas Brasileiras", "O Canto do Uirapuru", "Trenzinho Caipira".
Em 1903, Villa-Lobos terminou os estudos básicos no Mosteiro de São Bento. Costumava juntar-se aos grupos de choro, tocando violão em festas e em serenatas. Conheceu músicos famosos como Catulo da Paixão Cearense, Ernesto Nazareth, Anacleto de Medeiros e João Pernambuco.
No período de 1905 a 1912, Villa-Lobos realizou suas famosas viagens pelo norte e nordeste do país. Ficou impressionado com os instrumentos musicais, as cantigas de roda e os repentistas. Suas experiências resultaram, mais tarde, em "O Guia Prático", uma coletânea de canções folclóricas destinadas à educação musical nas escolas.
Em 1915, Villa-Lobos realizou o primeiro concerto com suas composições. Nessa época, já havia composto suas primeiras peças para violão "Suíte Popular Brasileira", peças para música de câmara, sinfonias e os bailados "Amazonas" e "Uirapuru". A crítica considerava seus concertos modernos demais. Mas à medida que se apresentava no Rio e São Paulo, ganhava notoriedade.
Em 1919, apresentou-se em Buenos Aires, com o Quarteto de Cordas no 2. Na semana da Arte Moderna de 1922, o aceitou participar dos três espetáculos no Teatro Municpal de São Paulo, apresentando, entre outras obras, "Danças Características Africanas" e "Impressões da Vida Mundana".
Em 30 de junho de 1923, Villa-Lobos viajou para Paris financiado pelos amigos e pelos irmãos Guinle. Com o apoio do pianista Arthur Rubinstein e da soprano Vera Janacópulus, Villa-Lobos foi apresentado ao meio artístico parisiense e suas apresentações fizeram sucesso.
Retornou ao Brasil em final de 1924. Em 1927, voltou à Paris com sua esposa Lucília Guimarães, para fazer novos concertos e iniciar negociações com o editor Max Eschig. Três anos depois, voltou ao Brasil para realizar um concerto em São Paulo. Acabou por apresentar seu plano de Educação Musical à Secretaria de Educação do Estado de São Paulo.
Em 1931, o maestro organizou uma concentração orfeônica chamada "Exortação Cívica", com 12 mil vozes. Após dois anos assumiu a direção da Superintendência de Educação Musical e Artística. A partir de então, a maioria de suas composições se voltou para a educação musical. Em 1932, o presidente Vargas tornou obrigatório o ensino de canto nas escolas e criou o Curso de Pedagogia de Música e Canto. Em 1933, foi organizada a Orquestra Villa-Lobos.
Villa-Lobos apresentou seu plano educacional, em 1936, em Praga e depois em Berlim, Paris e Barcelona. Escreveu à sua esposa Lucília pedindo a separação, e assumiu seu romance com Arminda Neves de Almeida, que se tornou sua companheira. De volta ao Brasil, regeu a ópera "Colombo" no Centenário de Carlos Gomes e compôs o "Ciclo Brasileiro" e o "Descobrimento do Brasil" para o filme do mesmo nome produzido por Humberto Mauro, a pedido de Getúlio Vargas.
Em 1942, quando o maestro Leopold Stokowski e a The American Youth Orchestra foram designados pelo presidente Roosevelt para visitar o Brasil O maestro Stokowski realizou concertos no Rio de Janeiro e solicitou a Villa-Lobos que selecionasse os melhores músicos e sambistas, a fim de gravar a Coleção Brazilian Native Music. Villa-Lobos reuniu Pixinguinha, Donga, João da Baiana, Cartola e outros, que sob sua batuta realizaram apresentações e gravaram a coletânea de discos, pela Columbia Records.
Em 1944/45, Villa-Lobos viajou aos Estados Unidos para reger as orquestras de Boston e de Nova York, onde foi homenageado. Em 1945 fundou a Academia Brasileira de Música. Dois anos antes de sua morte, o maestro compôs "Floresta do Amazonas"para a trilha de um filme da Metro Goldwyn Mayer. Realizou concertos em Roma, Lisboa, Paris, Israel, além de marcar importante presença no cenário musical latino-americano.

Praticamente residindo nos EUA entre 1957 e 1959, Villa-Lobos retornou ao Brasil para as comemorações do aniversário do Teatro Municipal do Rio de Janeiro. Com a saúde abalada, foi internado para tratamento e veio a falecer em novembro de 1959.
Fonte: UOL Educação - Biografias

Algumas fotos apenas de Teste

sexta-feira, 2 de março de 2012

Há muito tempo, em uma galáxia muito distante...


Parece que foi ontem, mas já faz três anos que nos formamos, com expectativas e incertezas sobre nosso futuro!!!
Saudades dos amigos que apenas nos vemos em Cursos de capacitação Continuada. E "aos mestres"... Bem, deles lembramos eternamente "com carinho"...
Hoje estou muito além da Disciplina de História. Conciliando os conteúdos de História e Música, em breve posts sobre o contexto histórico dos compositores e das músicas serão publicadas nesse espaço.

Aguardem!!!

domingo, 26 de fevereiro de 2012

Primeira forma de nos familiarizarmos com o instrumento, é conhecendo suas partes e funcionalidades. Abaixo a representação básica das partes de um violino:


É importante também conhecermos as notas músicas existentes na 1ª posição.


A partir desses esquemas, podemos iniciar nossos estudos e aprofundarmos nossos conhecimentos sobre as notas e sua execução no violino!

Referência:
DONOSO, José Pedro; TANNÚS Alberto; GUIMARÃES, Francisco; FREITAS, Thiago Corrêa de. A Física do Violino. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1806-11172008000200006&script=sci_arttext

sábado, 25 de fevereiro de 2012

Vídeos que nos inspiram


Bons exemplos de músicos, nos inspira e nos motiva a prosseguirmos com nossos estudos para nos aperfeiçoarmos em nossos instrumentos. 
Atualmente David Garrett é considerado o violinista mais rápido do Mundo. Realmente um exemplo de dedicação!



Através do violino, podemos ir do clássico ao pop. Do antigo ao contemporâneo. Tudo é questão de estilo, gosto, talento e dedicação!
Os japoneses demonstram em inúmeros vídeos disponíveis no Youtube, que iniciam seus estudos de música desde cedo. O método Suzuki para violino, por exemplo, surgiu justamente Japão. Através desse método inúmeros violinistas de diferentes países iniciam seus estudos. 

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Início das atividades do Projeto "Meu Primeiro Violino"

O ano de 2012 iniciou com grandes desafios. No campo profissional, iniciarei mais um - com o Projeto "Meu Primeiro Violino"
Tendo como projeto modelo na Rede Municipal de Joinville, destaco aqui agradecimentos a E.M.Prof. João Bernardino da Silveira Júnior por desejar projetos inovadores no campo musical. 

Iniciamos nossas atividades no dia 23 de fevereiro com a reunião de pais e estudantes. 
Após a entrega dos violinos e as orientações básicas aos pais, iniciaremos na próxima semana as aulas de teoria musical e aulas individuais de violino.



Se, após esse primeiro ano de projeto, conseguirmos nos alunos: despertar o interesse pela música, desenvolver performances artísticas, aperfeiçoar seu talento musical (independente de qual instrumento for), já terei como missão do meu projeto cumprida. 

Não estamos propondo formar "músicos exímios", mas possibilitar novas portas, novas oportunidades que os façam cidadãos conscientes e capazes de produzir seja na área das artes ou qualquer outro setor a quem eles estejam dispostos a seguir.